DESENLACE

Um poema de amor
piegas
escrito com veneno
e estrela
quis existir além do
papel,

Na forma de sentir
a adaga
de uma lua afiada
na rosa
vermelha de fogo
Naoto Hattori - meiaseis.com
e mel,

Um poema piegas
de amor
oculto nos renques
de palavras
ao vento arrojadas
no vendaval,

Um poema de amor
vencido
e que ainda mantém
-se sonho
coeso, nesse mundo
desigual,

Um esboço da luz
no escuro
da brasa atiçada
na cinza
num fogo apagado
no final...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALÉM DA JANELA

CORRENTEZA

MOMENTO