CONTENDA

caço por esse espaço
que se escapa em mim
o que sou nesse vácuo
Nicolas Bruno - meiaseis.com
em que esvazio pensar?

caço por esse regaço
e não vejo a que vim
como colher da fonte
que se dissolve no ar.
                                  
caço por onde refaço
nesse caminho sem fim
mares que se crispam
sem os saber navegar;

caço da luz e do aço
nessa contenda assim
desde o início de ser
até tudo se completar... 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM NA GARRAFA

VIDÊNCIA

O EQUILIBRISTA