FLOR

das primaveras sem cores
de descaminhos e atalhos
uma flor que durou pouco
floresceu entre um jardim,

nem urze nem crisântemo
ou rosa de maio ou hibisco
violetas açucena hortênsia
nem papoula tílias jasmim,

fosse uma bromélia acácia
nenúfar bonina ou narciso
açafrão e mirra ou sândalo
a inflorescência de alecrim,

flor que não se arrisca flor
nem semente e nem trigal
sem bálsamo nem espinho
rastro sem começo ou fim,

de primaveras não floridas
fora da girândola do tempo
num jardim que não existe
murchou-se a flor em mim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ALÉM DA JANELA

CORRENTEZA

MOMENTO