IMAGEM


Sem Título - por J Ribas 

O que vive em mim nem por fim vive
Pois está fora do alcance que viva assim
O que vive em mim é relance de tarde
Lá fora, luz da manhã na noite que arde

O que vive em mim vem sorriso ao longe
Voz que me chama e me tem carinho
Como o sino que tange na alma sem fim
O que vive em mim é do espelho partido

É da luz de velas em sombras envolvidas
Que vai encontrar em outra paisagem
Reflexos que saltam da penumbra à vida
Quando o tempo me levou a imagem.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM NA GARRAFA

FILME NOIR

VIDÊNCIA