CALEIDOSCÓPIO



Um dia se deu a ir
Percorrer sem direção
Na aragem da noite
O sonho de buscar
Desvendar quem é

Que sabia apenas
Ter a lua encostada
Na órbita dos olhos
E um coração vasto
De refugiar as marés

Era o mar sua alma
Ou o céu estrelado
Um voo na nebulosa
Distante de Órion
Ou o eco perdido até?

O espectro da cor
Dividida pelo prisma
O sol dividido em mil
Nesse caleidoscópio 
Da ilusão de viver?

Comentários

  1. Palavras/coisas que adoro: caleidoscópio, Órion, lua e sol... Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro sinal do bom escritor (a) é o amor pelas palavras! Sempre bem-vinda nesse voo do jogral!

      Excluir

Postar um comentário

Comente os textos, suas críticas são bem-vindas e sugestões também. Obrigado!

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM NA GARRAFA

VIDÊNCIA

O EQUILIBRISTA