CAÇADA

meu abismo cifrado
é na margem de mim
que se estabelece
fonte dos equívocos
sinceros, sub-reptícios,

nesse metal forjado
da ilusão entretecida
de cavar os sonhos
os malogros da alma
fervem o pó das cinzas,

na ponta da lança
a lua, feito a insígnia
dessa noite apartada
é o mais próximo do sol
que a visão alcança,

a fera que me vigia
não dorme na vereda
sou presa fácil de mim
e me devoro aos poucos
entre os fios das horas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM NA GARRAFA

FILME NOIR

VIDÊNCIA