DEGREDO

Engulo os postulados
de nada saber
minha ignorância
é carcaça à deriva
num mar imprevisto,
 
Sigo as estrelas
que me furtam os olhos
e a palavra                              
em fel e salitre
funde árias que oculto,

Vencido, desterrado
na lua refugio espantos
se a lei me ferir
os segredos, esqueço...
- à deriva vou mais livre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM NA GARRAFA

FILME NOIR

VIDÊNCIA