OBLÍQUO

Entre flores caladas
de jardins domados
um silêncio perfuma
a expandir o tempo,

e o tempo contorna
mundos vidas ciclos
e nem memória fixa
esse instante breve;

Passa ao largo e vai
displicente e avesso
nem fogo nem cinza
resta à brisa o ardor,

e se esvai na pressa
no sono e na espera
como rio a findar-se
pelo mar que o leva.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEM PALAVRAS

CORAGEM

GIRASSÓIS