ALÉM DA JANELA

a estrela emoldurada na janela
é a paisagem que imagino agora
mesmo que não veja uma estrela
e não haja no momento a janela,
 
e tudo isso seja apenas a fuga
um modo poético de sair por aí
a um lugar do qual não precise
de meios físicos para alcançar,

e tudo se resuma a uma palavra
algo que se cria na imaginação
essas coisas de sonho desperto
que bem ou mal mudam instantes,

e tudo possa ir mais além daqui
do que se supõe ser a fronteira
então, de um modo sobre-humano
a vida comece a ter um sentido...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTURNO

ALGUM LUGAR

BARCO DE PAPEL